terça-feira, 5 de dezembro de 2017



Effectivo de officiaes da Brigada Militar do Estado, em 1908: Estado-Maior, Corpo Auxiliar (arma de Artilharia e Corpo de Cavallaria),  1º Corpo de Infantaria, 2 º Corpo de Infantaria (escrita da época).

Fonte - Almanak Laemmert  Administrativo, Mercantil e Industrial (RJ) - 1891 a 1940, pg. 499.


Fonte - Almanak Laemmert  Administrativo, Mercantil e Industrial (RJ) - 1891 a 1940, pg. 500.




Visita das autoridades estaduaes ao Hospital São Vicente: Representante do Governador do Estado; Intendente de Belém, Dr. Cypriano Santos; Desembargador Julio Costa, Chefe de Policia; Tenente-Coronel Dr. Luiz Lobo, Commandante da Brigada Militar do Estado; Dr. Cruz Moreira, presidente da Sociedade Medico-Cirurgica do Pará e representante da Folha do Norte,1921 - Fonte: A prophylaxia da lepra e das doenças venereas no estado do Pará, 1922 (escrita da época).





quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Memória do Batalhão de Destacamentos da PMPA - BDPM

O Batalhão de Destacamentos da PMPA, conhecido pela sigla BDPM, foi uma das unidades operacionais que existiu juntamente com o BGPM numa época em que a capital do Estado possuía apenas dois batalhões PM.
O BDPM era responsável pelo policiamento ostensivo nos interiores do Estado, tais como Castanhal, Marajó, Santarém, Marabá, Tucuruí, entre outros.
Abaixo trazemos as fotografias doadas pela família do SUB TEN PM R/R RAIMUNDO GOMES (falecido), que mostram as atividades desenvolvidas em parte dos trinta anos de serviço.

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Boletins Gerais de 1964 no site da PMPA

O ano de 1994 foi marcado internacionalmente pela condenação de Nélson Mandela, na África do Sul, em junho, à prisão perpétua por diversas violações ao regime do "apartheid" que segregava brancos e negros naquele país.

No dia 30 de março, no Brasil, iniciou-se a "ditadura" ou "regime" militar com a deposição do presidente João Goulart e no Pará era governador Aurélio do Carmo, vindo do regime anterior. Somente em junho/1964 Jarbas Gonçalves Passarinho o sucede no governo.
A Polícia Militar daquela época pode ser pesquisada por diversas fontes: testemunhos orais, leitura dos diários oficiais e dos boletins gerais da corporação. Estes últimos estão sendo divulgados pelo site da PMPA, após o processo de escaneamento dos mesmos.
Desde o dia 07/11/2017 o site da corporação está divulgado os referidos boletins gerais.
O trabalho de escaneamento é realizado pelo Museu da Polícia Militar do Pará que conta com dois voluntários civis no serviço, são eles Clícia Roberta e Victor Mauro.
O trabalho está sendo realizado o final do ano passado quando a Diretoria de Apoio Logístico - DAL forneceu ao Museu da PM um aparelho de escaner de alta resolução com capacidade de digitalização de documentos no formato A-3 transformando a imagem diretamente para o PDF.
Após o escaneamento é feito o salvamento dos arquivos e a devida junção dos arquivos em pdf, após isso os ficheiros são compactados e readequados para web e, assim, ficam ajustados para o site da corporação.
"A ideia é disponibilizar os documentos para consulta via web e recolher os documentos originais evitando o seu manuseio, pois quando mal feito e intenso acaba por provocar a perda de suporte" como afirma a Voluntária Civil Anna Beatriz, aluna do curso de biblioteconomia da UFPA.
A servidora Melissa Walesk, aluna do curso de museologia da UFPA, afirma que "com a digitalização e a disponibilização da informação no site da institucional, o Museu da PM acaba por desempenhar bem o seu papel de lugar de memória e de difusor do patrimônio histórico e cultural da corporação, pois difundir e preservar estão entre os seus papeis".
Noutro momento pensa o Chefe do Museu, o Major PM Ronaldo Charlet, em realizar a restauração de todo o acervo de boletins gerais da PM que cobre o período de 1964-1998 na versão impresa, pois se tornou imperioso divulgar e dar acesso ao seu conteúdo para, em seguida, retirar da circulação para preservá-lo.



Para consultá-los, clique AQUI.

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

quinta-feira, 31 de agosto de 2017


   O 1º Batalhão Auxiliar da Força Publica constituido de 17 officiais e 441 graduados e praças, segue hoje para o sul da Republica, a fim de tomar parte mas operações contra os rebeldes Paulistas (escrita da época).
        




Fonte: Fonte Jornal Folha do Norte, pag. 6 de 11 SET 1932 - Biblioteca Artur Vianna.






A Officialidade do 1º Batalhão Auxiliar da Força Publica, numa photo graphia especial para a FOLHA, a bordo do "Rodrigues Alves", momentos antes do seu embarque na Capital Federal. - Fonte: Jornal Folha do Norte, pag. 1 de 28 SET 1932 - Biblioteca Artur Vianna.(escrita da época).


sábado, 26 de agosto de 2017



O Primeiro Anno do Governo Constitucional Paraense

     A Força Pública Militar do Estado em parada no Boulevard Castilho França, hoje, pela manhã, por occasião do passeio feito pela cidade em homenagem do 1º anniversario do Governo José Malcher. - Fonte: Jornal Folha do Norte de 04 MAI 1936, Pág. 2 - Biblioteca Artur Vianna. (escrita da época).

Effectivo de officiaes da  Brigada Militar do Estado, em 1908: Estado-Maior, Corpo Auxiliar (arma de Artilharia e Corpo de Cavallaria),...